Make your own free website on Tripod.com

HEREDIA

José Maria de HEREDIA – nasceu em Cuba em 1842. Estudou em França e se tornou o discípulo predileto de Leconte de Lisle, vindo a celebrizar-se com os seus sonetos, primeiro aparecidos em revistas e mais tarde (1893) reunidos em volume sob o título de "Troféus". Como prosador deixou apenas duas obras uma tradução de "Verídica historia da conquista da Nova-Espanha (1877-87) de Bernal Dias del Castillo e uma pequena narração de aventuras, intitulada "Nonne Aalferez" (1894) igualmente traduzida do espanhol. Em 1894, logo após a aparição dos "Troféus", foi eleito membro da Academia francesa. Morreu em 1905.

OS ARGONAUTAS

De Palos – como a errar, longe do azul natal,
Os gerifaltos vão … - em chusmas, audaciosos,
Ávidos capitães, pilotos cobiçosos,
Partiram navegando empós de estranho ideal…

Vão conquistar além, das minas do metal,
Que Cipango entesoira, os veios fabulosos;
Sonham, boiando em luz países misteriosos,
Praias, climas, regiões do mundo ocidental…

Sulcam assim mar alto, infatigavelmente,
Miragens tropicais, longe, enganosamente,
Esboçam construções e torres de oito no ar…

E eles à proa vão das alvas caravelas,
Vendo só, despenhado em turbilhões de estrelas,
Todo o infinito céu sobre o infinito mar…
(Trad. de Raymundo Correia)

FOLHETIM | LITERATURA | GRAMÁTICA | CONTATO | HTML