Make your own free website on Tripod.com
VINÍCIUS DE MORAIS
IMITAÇÃO DE RILKE
Alguém que me espia do fundo da noite
Com olhos imóveis brilhado na noite
Me quer.

Alguém que me espia do fundo da noite
(Mulher que me ame, perdida na noite?)
Me chama.

Alguém que me espia do fundo da noite
(És tu, Poesia, chorando na noite?)
Me quer.

Alguém que me espia do fundo da noite
(Também chega a Morte dos ermos da noite…)
- Quem é?
 
 

FOLHETIM | LITERATURA | GRAMÁTICA | CONTATO | HTML